segunda-feira, 24 de julho de 2017

OLHA AS BANDEIRINHAS.........




Cercando tainha no Itaguá -1960 (Arquivo Igawa)
     Ontem, conforme a nossa tradição, chamamos o parentada e fizemos a nossa fogueira no quintal. Agora, olhando as bandeirinhas que tremulam na varanda, retomo uma reflexão que nem é de tanto tempo assim.

               March Bloch e Lucien Febvre, dois importantes estudiosos contemporâneos apelam para que se estude “o homem e todos os seus vestígios, e não somente as grandes personalidades, isto é,  passaram a  considerar toda a produção material e espiritual humana como possibilidade de contato com esse homem do passado”. 

sábado, 22 de julho de 2017

DÉQUINHO TENÓRIO E ANISIA CASTRO TENÓRIO ...GRANDES UBATUBENSES DA PICINGUABA.

Seu Déquinho Tenório e dona Anísia Castro Tenório em meados dos anos 60 no bairro Picinguaba em Ubatuba.
Ele foi um dos pioneiros da pesca comercial na cidade.... 


quinta-feira, 20 de julho de 2017

Ubatuba prepara comemoração ao” Dia em homenagem aos imigrantes japoneses presos na Ilha Anchieta


Na manhã de terça-feira, 18, a Prefeitura de Ubatuba sediou uma reunião que discutiu a comemoração do “Dia em homenagem aos imigrantes japoneses presos na Ilha Anchieta”, celebrado no dia 23 de setembro.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

CONHEÇA VOCÊ TAMBEM A UBATUBA ANTIGA ATRAVÉS DO LIVRO " UBATUBA , ESPAÇO, MEMÓRIA E CULTURA"...


Para quem não sabe, ainda cursando a faculdade, meu mano Jorge Otavio Fonseca escreveu a quatro mãos , juntamente com o escritor e professor Juan Drouguet da USP, um livro, um belo e bem escrito Documentário , intitulado " Ubatuba, espaço, memória e cultura " , que leva vc a viajar desde a pré - historia ubatubense até o ano de 2005.


quarta-feira, 12 de julho de 2017

94 ª FESTA DE SÃO PEDRO PESCADOR


94˚ Festa de São Pedro Pescador
Organizada há 94 anos, a Festa de São Pedro Pescador mais uma vez apresenta uma programação diversa e cheia de atrações. Shows,... corrida de canoas caiçaras e procissões. 


LIÇÃO DO DANILO..........

                                                                                       
               Há trinta e dois anos nascia Danilo, filho de duas pessoas estimadas desde o tempo de ginásio, caiçaras mesmo! Nove anos depois reencontrei o Danilo vivendo intensamente no Saco das Bananas, aproveitando ao máximo da convivência com os avós Dito Madalena e Constantina, sobretudo na lida do mar e da roça. 

sexta-feira, 7 de julho de 2017

A Bandeira da Esperança.


O som do tambor anunciava a chegada da folia, corria as crianças, os adultos e todos os devotos aonde passa- se a bandeira do Divino em nossa querida Ubatuba, os tempos eram outros e o respeito pelo sagrado representado pelo Divino Espírito Santo era imenso.