terça-feira, 17 de março de 2015

DONA JENNY, A NOSSA BIBLIOTECÁRIA






Jenny Bueno dos Santos Aguiar, nasceu em Pinheiros, hoje Distrito de Lavrinhas, Estado de São Paulo em 24 de maio de 1918. Filha de Manoel Bueno dos Santos e Ana Maria de Azevedo Bueno, quando menina foi voluntária como enfermeira da Cruz Vermelha na Revolução constitucionalista de 1932 e recebeu uma medalha por isso. Estudou até o 3º ano Ginasial da época e interrompeu os estudos quando se casou em 1938 com José Ourique de Aguiar Sobrinho e teve cinco filhos (Inês, José, Suely, Francisco e João). Morou em Guaratinguetá, Estado de São Paulo por muitos anos onde trabalhava em casa como costureira e veio para Ubatuba com a família em final de 1957 onde já moravam seus pais há muito tempo. Constituiu uma papelaria e livraria com o nome de Casa União na Rua Cel. Domiciano nº 252. Seu pai o Sr. Manoel Bueno dos Santos mantinha o único escritório de contabilidade da cidade da época (Escritório Bueno de Contabilidade) além de exercer o cargo de Contador da Prefeitura.





 Em 1960 foi admitida como Funcionária Pública na Prefeitura Municipal na gestão do Prefeito Wilson Abirached. Trabalhou como Escriturária e na Tesouraria. Ficou viúva em 09 de outubro de 1964 e lutou muito para cuidar dos filhos menores. Posteriormente, foi designada pelo então Prefeito Cicillo Matarazzo para se preparar para assumir a direção da Biblioteca que seria constituída. Teve que se ausentar da cidade por muitos meses para fazer cursos preparatórios. Após a constituição da Biblioteca assumiu pessoalmente a missão de viajar e comprar os livros e materiais necessários com os parcos recursos liberados que mal davam para se locomover e se alimentar. Assumiu com muito esforço a missão e fez a vontade do Prefeito se realizar passando a cidade a partir daí ter um lugar onde se procuraria o conhecimento. Nascia assim, em 28 de outubro de 1967, com o Decreto nº 52 a Biblioteca Municipal que passou a funcionar no prédio da Câmara Municipal. Dona Jenny ficou muito conhecida por todos e gostava demais do que fazia. Sua trajetória de vida é um exemplo e sua memória é guardada com muito carinho por todos que a conheceram. Trabalhou até a sua aposentadoria na administração do Prefeito Pedro Paulo Teixeira Pinto. Faleceu em 10 de Julho de 1995.

Dados fornecidos por
José Antonio Bueno de Aguiar

Um comentário:

regina maria cubas duarte disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.