sexta-feira, 31 de agosto de 2012

UBATUBA 2005.....TRAVESSIA INTERNACIONAL DE UBATUBA ACONTECERÁ EM MAIO...


Cartaz de 1969, resquícios da era Ciccillo

Travessia Internacional de Ubatuba será o destaque esportivo do mês de maio

Atletas de Ubatuba terão inscrição gratuita até o dia 3

A Secretaria Munic
ipal de Esporte e Lazer de Ubatuba deu início aos 

preparativos para a 36ª Travessia Internacional de Ubatuba, 

que acontece no próximo dia 15 de maio. O secretário Bittencourt Jr. não 

mede esforços para que a prova tenha o mesmo brilho do 

passado, quando os grandes clubes do país e do exterior tinham na Travessia 

uma de suas principais provas do calendário. 








“Vamos trabalhar para trazer de volta o glamour que a prova teve nos anos 60 

e 70, quando as equipes mandavam sua força máxima a 

Ubatuba. O melhor nadador brasileiro dos anos 70 e 80, Djan Madruga, vinha 

disputar a prova, além de atletas de outros países, como 

Espanha, Líbano e Argentina”, disse o secretário.

Uma das maiores preocupações do secretário é quanto à segurança dos atletas, sempre elogiada nas etapas de Ubatuba. 

“Estamos em contato com o Tamoios Iate Clube para garantir a demarcação 

de área e apoio aos competidores. Todos encontrarão a infra-

estrutura necessária, como salva-vidas, assistência médica, frutas, além do 

apoio na água e em terra”, garantiu Bittencourt.

A prova, que também é válida como quarta etapa do circuito paulista de 

maratonas aquáticas, será disputada com percursos de 

1000 (largada da praia do Matarazzo), 3000 (largada do Cais) e 9400 metros 

(largada do Perequê Açu), todas com chegada na 

praia do Cruzeiro, em frente ao centro de informações turísticas.

A Secretaria estará inscrevendo atletas interessados em participar da prova 


gratuitamente até a próxima terça-feira, dia 3. Para 

isso basta procurar o professor José Eduardo na Piscina Municipal das 6h30 às 

11h30 e das 14 às 22 horas.

História

A travessia foi idealizada em 1959, pelo Grêmio Estudantil 28 de Abril, do 


então Ginásio Capitão Deolindo, na época presidido por 

Justo Arouca. Em 29 de maio de 1960, dezoito nadadores partiram do Perequê 

Açu para um percurso de 3.100 metros. O 

campeão da primeira travessia foi Ronaldo Gonçalves Duarte. Em 1963 a comissão de Esporte da Prefeitura Municipal de Ubatuba 

assumiu a organização da prova, o que regionalizou a competição. A Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo do Estado de São 

Paulo incluiu a prova no calendário oficial de eventos em 1968 e no ano 

seguinte, já com a organização da Federação Paulista de 

Natação a prova assumiu caráter internacional. O evento deixou de ser 

realizado entre 1978 e 1983.

Curiosidades

· O primeiro atleta estrangeiro a vencer a prova foi um argentino em 1969: Daniel Sepikura do clube Gimnasia y Esgrima.

· Os argentinos dominaram a prova entre 1969 e 1974. Djan Madruga quebrou a escrita em 1975

· Em 1967 aconteceu um empate na prova masculina: Kenishi Tozaki (A.A. 


Ubatuba) e José Antônio Ribeiro da Silva (S.C. 

Corinthians Ptª) foram declarados campeões. Outro empate aconteceu em 

1973 na prova feminina Fátima de Jesus Cesar 

(Corinthians) e Liliana C. Codaro (C.M. Buenos Aires, Argentina), terminaram 

em primeiro.

· A primeira participação feminina foi em 1971 e a vitória foi de Fátima de 


Jesus Cesar (Corinthians)

· O primeiro atleta a vencer a prova de 9.400 metros foi Delmar S. Corrêa do 


C.R. Tietê.

· Os atletas que saiam do Perequê Açu gritavam seus números a um fiscal que 


anotava sua passagem pelo Cais para evitar que 

alguém cortasse caminho. Esse controle permanece até hoje (em algumas 

provas há o controle eletrônico através de chip).



· O ex-presidente do Corinthians, Vicente Matheus participou da cerimônia de 

premiação em 1974 quando a equipe dominou a 

prova feminina, conquistando primeiro e segundo lugares.

· Em 1984 um atleta se recusou a sair do mar após o encerramento da prova o 


que causou um certo tumulto. Por três vezes uma 

lancha foi enviada para buscar o nadador, até que depois de muito tempo ele 

resolveu sair do mar, sob protestos da organização.

· Ainda em 1984, Abílio Couto, primeiro brasileiro a atravessar o Canal da 


Mancha participou da Cerimônia de premiação.

· Os vencedores da Travessia em 2004 foram Glauco Luiz Oliveira Rangel e Liz 


Jandui Soares Baptista, em prova que reuniu 


aproximadamente mil atletas.



Fonte: Assessoria de Comunicação PMU

Nenhum comentário: